Santa Luzia D Oeste- RO, vereador cobra a regularização de Convênios Federais

  O Vereador Prof. Adão Marcos PT/RO encaminhou Oficio nº 079/2012 (29/05/2012) ao Prefeito Municipal de Santa Luzia D Oeste solicitando através do setor competente, que tome providencia em proceder novo cadastro no SINCOV, sob a nova proposta nº 4900020120071, no valor de R$ 150.000,00 (cento e cinqüenta mil reais), do Deputado Federal Padre Ton,  recurso do MDA para aquisição de 01(um ) trator agrícola e 02(duas) ensiladeira ,proposta esta do ano anterior sob n.4900020110124, com a função programática 21.127.1334.8991, sendo necessária a urgência no novo cadastro tendo em vista o prazo para assegurar o referido recurso.
Também o Vereador encaminhou Oficio nº 080/2012  (31/05/2012), ao Prefeito CLORENI MATT Solicitando do mesmo através do setor competente, tome providencia com urgência em sanar as possíveis pendências do Convenio Nº. 068/2011/Calha Norte, cujo objeto é a Aquisição de 03(três) Tratores Agrícolas através do Programa Calha Norte (PCN), emenda da ex- Senadora Fátima Cleide..
O Coordenador-Geral do Programa Calha Norte (PCN) encaminhou para a Prefeitura via fax nº 0269 de (15/02/2012),cobrando  com urgência para que seja sanadas as pendências , sob a pena de extinção do Convenio.
De acordo com o Vereador Prof. Adão Marcos (PT/RO), um (01) trator e as 02(duas) ensiladeiras ficarão na Secretaria de Agricultura, que terá como objetivo atender a todas as associações. Os outros 03(três) tratores serão destinados para as associações: P 14 Nova, P 18 Nova e Linha 196 Norte.
Esses equipamentos são destinados a prestar serviço nas propriedades rurais visando o aumento da produção, diversificação de cultura e melhoria das condições de vida da população rural. Visa ainda à fixação e integração do pequeno produtor rural no campo e incentivar a agricultura familiar.
Diante do risco de perder recursos vultosos destinados pelo governo federal para o Município de Santa Luzia D Oeste, estou cobrando do executivo municipal à solução para o problema, disse o Vereador Prof. Adão Marcos.