Resumo da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Santa Luzia D oeste- RO 21/042012.

       Estado de Rondônia
Câmara Municipal de Santa Luzia D’Oeste

Ata da décima quarta Sessão Ordinária, do Primeiro Período Legislativo, da Quarta Sessão Legislativa, da Sétima Legislatura da Câmara Municipal, realizada às dezenove horas e trinta minutos do dia sete de Maio do ano de dois mil e doze, sob a Presidência do Vereador Jose Antonio, na presença de todos os edis da casa, constatou o numero legal de quorum e invocou a proteção de Deus, solicitou do edil Nei a leitura de um trecho da Bíblia Sagrada, iniciou os trabalhos com a aprovação da Ata anterior, lida as correspondências recebidas que constou de: Of. 048/12 do Presidente da Casa; Of. 195 e 196/Prefeito; Of. 53/Semec; Of. 028/Semas; Of. 040/Semetur; INDICAÇÃO Nº 22 Adão e Nandi; Nº 23 Adão; REQUERIMENTO Nº 56, 57, 58 Adão e Nandi; Requerimento de justificativa de falta do edil Adair na 13ª sessão ordinária; Moção de Pesar pelo falecimento do Senhor Sergio Artur Finger, ocorrido no dia 01 de maio; Projeto de Lei 09 que “DISPOE SOBRE A ABERTURA DE CREDITO ADICIONAL ESPECIAL NO ORÇAMENTO VIGENTE (R$ 357.093,55, trator completo, tanque leite e retroescavadeira). NO PEQUENO EXPEDIENTE fez uso da palavra o edil Adão que comentou sobre resposta do Prefeito para atender convenio da APAE; apresentou justificativas as proposições apresentadas. O edil Gildecio saudou a todos e falou da importância em sinalizar as ruas; em corrigir salários de servidores; comentou sobre os problemas da saúde no município. NA ORDEM DO DIA foram aprovados todos os Requerimentos após serem discutidos; aprovado a justificativa de falta do edil Adair; aprovado a Moção de Pesar; Projeto de Lei 09 tramitado ao Jurídico e Comissões. NO GRANDE EXPEDIENTE fez uso da palavra o edil Gildecio cobrou do secretario de obras providencias no conserto das pontes e das ruas; criticou companheiro que não usa da tribuna para fazer seu pronunciamento, mas leva a informação aos secretários e ao Prefeito de forma distorcida e que isto é falta de ética; defendeu a importância da união entre os pares. O edil Adair saudou a todos e lamentou que a administração trabalhe somente no improviso e a população já não tem a quem reclamar; que falta planejamento e no final de mandato as coisas se tornam mais difíceis para todos; lamentou a morosidade na elaboração de projetos para convênios; foi aparteado pelo edil Nandi. O edil Nandi cobrou agilidade nos processos de licitações; criticou os trabalhos da equipe técnica do Prefeito e dos secretários; questionou as condições da saúde, criticou gastos com diárias do executivo; cobrou mais agilidade do secretário de obras; falou sobre os custos com transporte escolar e com os medicamentos liberados através de requisições. O edil Nei lamentou o Município não fazer nada para melhorar a arrecadação; criticou a falta de competência em fazer calçamentos com bloquetes; agradeceu Deputado Mauro Nazif em liberar emenda para construção da Agencia do INSS em Alta Floresta em data de hoje, falou sobre a expansão de energia na área urbana que será concluída em breve, foi aparteado pelo edil Valdir e Gildecio. O edil Adão falou que muitos locais na área urbana não pagam IPTU por falta de regularização; criticou a morosidade da fabrica de manilhas e bloquetes para atender a população; lamentou a falta de informação sobre o processo do leilão; falou da importância da população tomar conhecimento sobre os trabalhos dos vereadores e das cobranças feitas ao executivo; das casas populares que serão entregues a população carente; lamentou a falta de lazer a população; foi aparteado pelo edil Adair. Fez uso da palavra o edil Jose Wilson, falou sobre as condições da fossa da creche e da falta de providencia; alegou que secretário de obras não tem apoiado os agricultores nas suas necessidades e se quer tem ouvido os reclames das pessoas, que ele age como se fosse o Prefeito, lamentou as condições precárias dos maquinários e da falta de condições de trabalho da secretaria de agricultura, parabenizou ao diretor do hospital pelo trabalho realizado, foi aparteado pelo edil Adão. O edil José Antonio saudou a todos, lamentou a falta de pagamento do convenio com a APAE; criticou a morosidade da equipe técnica do prefeito em elaborar projetos; que os secretários devem ter competência e agilidade; informou que sempre defendeu para que as pequenas cirurgias sejam realizadas no Município; lamentou a forma de encaminhamento de pacientes; informou que as manilhas em breve serão colocadas na Avenida Tancredo Neves, foi aparteado pelo edil Nandi e Gildecio. Os discursos na integra ficam gravados na Secretaria da Câmara, agradeceu a proteção de Deus e encerrou os trabalhos que secretariei e assina o Presidente.