Sessão Ordinária da Câmara Mun. de Santa Luzia D Oeste- RO 22/02/2012

                      Estado de Rondônia
          Câmara Municipal de Santa Luzia D’Oeste

Ata da Terceira Sessão Ordinária, do Primeiro Período Legislativo, da Quarta Sessão Legislativa, da Sétima Legislatura da Câmara Municipal, realizada às nove horas do dia vinte e dois de Fevereiro do ano de dois mil e doze, alterada a data e horário da presente sessão em virtude da comemoração dos festejos do Carnaval, sob a Presidência do Vereador José Antonio, na presença de todos os edis da Casa, constatou o numero legal de quorum e invocou a proteção de Deus, solicitou do edil Nei a leitura de um trecho da Bíblia Sagrada, iniciou os trabalhos com a aprovação da Ata anterior, lida as correspondências recebidas que constou de: Of. Nº 23 do Prefeito; Of. 0113 Caixa Econômica; Convite Emater; INDICAÇÃO 07, 08 Adão; Nº 09 Gildecio; REQUERIMENTOS 10, 11, 12, 13 Adão; Nº 14 Nandi; Nº 15 Valdir e outros. PEQUENO EXPEDIENTE ninguém fez uso da palavra.  NA ORDEM DO DIA foram aprovados todos os Requerimentos após serem discutidos. NO GRANDE EXPEDIENTE fez uso da palavra o edil Adão comentou sobre a situação critica das estradas com as fortes chuvas; agradeceu a promulgação da Emenda a Lei Orgânica que trata da gestão democrática nas escolas; comentou sobre as providências que foram tomadas para resolver a pendência junto com a Caixa na construção das casas populares; falou sobre a inadimplência do Município na Cauc.  O edil José Wilson registrou sua indignação sobre as condições da maquina que pertencia a Secretaria de Agricultura dada como inviável seu conserto, criticou a falta de ação do secretario de administração em fazer processo de leilão, embora o Secretario de Obras solicitou a maquina e fez sua recuperação e que se encontra quebrada novamente, que isto é um descaso com o dinheiro publico. Fez uso da palavra o edil José Antonio falou sobre sua indignação com os rumos da administração, fez criticas sobre a falta de ambulância no Município para atender as emergências; comentou sobre o atendimento do hospital regional de Cacoal; lamentou os gastos realizados com o carnaval enquanto que a saúde está padecendo com falta de recursos; que é difícil ser parceiro da administração mediante o caos que se encontra, aparteado pelo edil Nandi e informou que o Prefeito fundiu a camioneta do gabinete vindo de sua fazenda; o orador falou da importância em fazer agendamento em Porto Velho; que o povo está a mercê da sorte, foi aparteado pelo edil Adair. O edil Valdir solicitou pela ordem para esclarecer sobre a realização de cirurgias no Município. Os discursos na integra ficam gravados na Secretaria da Câmara, agradeceu a proteção de Deus e encerrou os trabalhos que secretariei e assino com o Presidente.