Sessão Ordinária Câmara Municipal de Santa Luzia D Oeste- RO 17.10.2011


                                   Estado de Rondônia

                       Câmara Municipal de Santa Luzia D’Oeste

Ata da Trigésima Sexta Sessão Ordinária, do Segundo Período Legislativo, da Terceira Sessão Legislativa, da Sétima Legislatura da Câmara Municipal, realizada às dezenove horas e trinta minutos, do dia dezessete de Outubro do ano de dois mil e onze, sob a Presidência do Vereador José Antonio, na presença de todos os edis da Casa, constatou o número legal de quorum e invocou a proteção de Deus, solicitou do edil Nei a leitura de um trecho da Bíblia Sagrada, iniciou os trabalhos com a aprovação da Ata anterior, lidas as correspondências recebidas que constou de: Of. 491, 493, 498, 521/Prefeito; Of. 085/Semad; Of. 160 e 161/Semas; Convite da Emater e da ALE; INDICAÇÃO Nº 150 a 153 Adão; Nº 154 Pirulito; Nº 155 Gildecio; REQUERIMENTO Nº 150 Nandi; Nº 151 Adão; Projeto de Lei 37 que “AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A REALIZAR CONCESSÃO DE IMOVEL A COOPERATIVA AGROPECUÁRIA MISTA DE SANTA LUZIA – COOPERLUZ; Projeto de Lei 38 de autoria do edil Nei que “ACRESCE O PARÁGRAFO ÚNICO AO ARTIGO 1º DA LEI 143/1994”. PEQUENO EXPEDIENTE o edil Gildecio justificou sua proposição e comentou sobre a necessidade em firmar parceria para realização de exame de endoscopia digestiva aos pacientes. O edil Adão saudou aos professores pelo seu dia; comunicou que enviou oficio a Eletronorte e ao Deputado Padre Ton para as providencias sobre a expansão da rede de energia da área urbana. O edil José Wilson solicitou para oficializar ao chefe do Executivo para colocar bancos nas cabanas do Balneário antes da inauguração; se retratou com o edil Gildecio sobre seu pronunciamento na sessão anterior e que não teve e não tem intenção de ofender ninguém. Na ORDEM DO DIA foram aprovados todos os Requerimentos; o Projeto de Lei 37 foi aprovado em única votação; Projeto de Lei 38 foi aprovado pedido de vista do edil Nandi. No GRANDE EXPEDIENTE fez uso da palavra o edil Nei que comentou sobre os problemas ocorridos com a empresa dos serviços de expansão da rede de energia da área urbana e que aguarda um solução através da Eletronorte. O edil Gildecio falou da providencia que deve ser tomada para a prevenção da dengue antes do período chuvoso; alegou que no deposito de lixo coletado através da reciclagem poderá ocorrer focos de mosquitos da dengue. O edil Adão falou sobre a importância em tomar providencia no combate a dengue, apresentou justificativas a sua proposição apresentadas na pauta, finalizou agradecendo a todos. O edil Pirulito justificou sua proposição; solicitou providencias para captura de cães soltos na cidade; questionou a falta de manilhas para fazer bueiros antes das chuvas e criticou a morosidade da fabrica de bloquetes em atender a demanda, foi aparteado pelo edil Gildecio. Os discursos na integra ficam gravados na Secretaria da Câmara, agradeceu a proteção de Deus e encerrou os trabalhos que secretariei e assina o Presidente.